A Fazenda

A Fazenda Santo Antonio dos Cordeiros, ou Fazenda dos Cordeiros, é constituída de diversos pedaços de terra adquiridos a partir de 1972. São ao todo 17 áreas, perfazendo o total aproximado de 500 hectares. Cerca de 70% da fazenda é de topografia movimentada e o restante constituído de terreno plano ou pouco inclinado, com diversas nascentes e córregos.

Temos trabalhado com gado, de longa data. Atualmente há orquídeas, plantas frutíferas de diversas variedades e viveiro de essências florestais (pau-ferro, ipê amarelo, sapucaia, araribá, caribinha, pau viola, grumixama, jacatirão e muitas outras). Também plantamos diversas espécies de eucalipto, coco, açaí e pupunha, com a finalidade, principalmente, de exploração de palmito e seus frutos.

A topografia da fazenda se presta a caminhadas turísticas e ecológicas, em virtude de suas condições naturais em que se destacam a subida ao pico da bicuda, as trilhas nas matas preservadas (RPPNs), os banhos de cachoeira e passeios a cavalo. Destacam-se, ainda, a Azenha (moinho de pedra); o atelier de artes da Pelpe (pintura, madeira e cerâmica); o Museu de coisas da Fazenda; a Caravela (espaço para cursos e encontros); Capela de Santa Inês; Galpão do Espantalho, onde servimos quitutes rurais; a Cumbuca, nosso espaço de hospedagem; Casa de Farinha (Atafona); Engenho d’água; e os passeios de carro de boi, charrete e carroção, puxados a trator.

Você já comeu uma fruta do pé?

Na Fazenda dos Cordeiros sempre temos uma fruta da estação para curtir: laranja, goiaba, tamarindo, tangerina, jaca, cajá, carambola, jabuticaba, grumixama, jambo, caqui, romã, cupuaçu, manga, graviola, ameixa, amora, abacate e outras mais. Você pode tirar as verduras e legumes da horta e depois comê-las na refeição da fazenda.

Sistema de criação

O nosso sistema de criação costuma ser integrado, onde as galinhas poedeiras ficam na área do cafezal para a limpeza e adubação natural. Nossas galinhas são criadas nos terreiros, com alimentação suplementar, que é fabricada na própria fazenda, sem anabolizantes, hormônios ou outros produtos. E ainda: você dá comida para as galinhas e mais tarde colhe os ovos para fazer um bolo ou uma boa omelete ou, então, dá comida para os pintinhos.

Nosso lago

No lago está incorporada a área de plantação dos coqueiros que, do mesmo modo, tem patos, gansos, perus, galinhas d’angola e frangos de cortes, ajudando a limpar e estercar toda a área. Nossa grande alegria é ver que também frequentam o lago, juntamente com as aves domésticas, as jaçanãs, frangos d’água, garças, pica-paus, anus (pretos e brancos) e passarinhos de todas as cores, tamanhos e espécies (canários, guaxos, sabiás e por aí a fora). E na sede da fazenda, de vez em quando, aparecem Micos leões–dourados, para comer frutas no pé.

As Festas

Algumas Festas se incorporam às tradições da fazenda, tais como: A Festa da Farinha e do Palmito; Festa de Santo Antonio e São João, com a tradicional fogueira, a sanfona da tia Berli e os quitutes feitos no forno de lenha; o Bloco da Nega do Biju e as Olimpíadas dos Gnomos.

E muito mais...

É nosso prazer receber os amigos com os braços abertos, seja para um passeio a cavalo, para conhecer nossos porcos ou carneiros, ou ainda para uma partida de futebol e vôlei em espaços adequados, assim como bom banho de ducha na piscina natural.

E sempre com a companhia dos gnomos, da Verde Flora, do Aprendiz de Fazendeiro e do Espantalho, que são os personagens de nossas histórias e das nossas lendas.

Uma convivência especialmente fraterna!

Uma fazenda que Recebe!

Contatos

 reservas (@) fazendadoscordeiros.com.br
   +55 (21) 99640.6059 (Whatsapp)
   Estr. João Carvalho, 2800 - Imbau, Silva Jardim - RJ, 28820-000, Brasil

Rede Social